quarta-feira, 23 de março de 2011

Ele andava a prometer...

E algum dia tinha que acontecer. Depois de já ter riscado o chão (facílimo de resolver com a esfregona e detergente normal, felizmente) e os sofás (com dodots saiu tudo) agora foi uma parede. Com um lápis de cera grosso, eis que pintou a parede até onde conseguiu. Conseguem adivinhar quem foi o mestre da obra? E o pior de tudo é que desta vez a coisa está mais dificil de limpar. Até agora consegui apenas disfarçar com a simples borracha branca, mas tenho uma dor nos braços que não posso... Enfim, a vida por estes lados anda animada, anda anda!

Um comentário:

Sof Enes disse...

LOLOL amiga, tenho autênticas obras de arte pela casa toda... saem à mãe lol
Só pinto as paredes de novo quando se deixarem destas coisas... porque lavar, nem vale a pena!!!