sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Piratas atacam em Belém...



Depois do Museu da Vila de Sintra (o das altas chaminés, para quem não sabe), agora é a vez do Forte do Bom Sucesso, junto à Torre de Belém ostentar a exposição “Piratas, os Ladrões do Mar”. É uma exposição pequena, mas que com as suas 60 peças conta a história da pirataria desde a altura dos Descobrimentos até aos dias de hoje. Sim, dias de hoje. Não é força de expressão. É real e ainda esta semana vieram a lume várias notícias de pirataria ao largo da Somália. Porque existem e sempre existiram Piratas e há histórias fantásticas em torno deles, que mais tarde vieram a ser adaptadas para o lado fantástico, muito pela mão da Disney, esta exposição ganha destaque entre a oferta cultural. Não é propriamente infantil, mas adequada a toda a família. 80 por cento das peças são originais e resultaram de escavações no mar, sobretudo no Caríbe. Através da exposição conseguimos perceber como actuavam os piratas, o que procuravam e como viviam depois. A exposição está patente até Maio do próximo ano e tem bilhetes de 5 euros, sendo que menores de 13 anos, estudantes e reformados, pagam apenas 3 euros, as escolas pagam 2,50 euros por aluno e as famílias (dois adultos e duas crianças) pagam um único bilhete de 10 euros. Um pretexto para entrar no Forte do Bom Sucesso, recuperado há 4 anos, mas que pouca gente conhece.

Um comentário:

Jay Punk disse...

Onde se encontra esta exposição agora?