segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Lisboa sobre carris


É das tais coisas que, por estar sempre à mão, qualquer dia havemos de fazer. E na quinta-feira passada foi dia! Estou a falar do passeio no eléctrico turístico da Carristur, que nos leva a percorrer ao ritmo descontraído, a cidade que julgamos conhecer. Com dois destinos à escolha: lado de Belém ou cidade antiga, eu optei pelo segundo, a que dão o nome de “Eléctrico das Colinas”. E gostei. Com saídas de meia em meia hora, da Praça do Comércio, o eléctrico leva-nos pelos bairros típicos, como Alfama, Graça, Baixa e até Lapa, num ambiente muito descontraído. Não há paragens, logo não se pode abandonar o eléctrico a meio do percurso nem ninguém pode entrar, mas para tirar uma fotografias, junto ao Panteão, Miradouro de Santa Luzia, Sé, Rua Augusta ou Elevador da Bica, o guarda freio faz questão de abrandar e se, for caso disso, parar mesmo para que ninguém fique sem a dita imagem gravada. O percurso é feito logo desde o início com o acompanhamento de um serviço áudio, em auscultadores, disponível em 8 línguas (até tem japonês!) que cada um selecciona no seu lugar. As explicações são muito interessantes e completas, o que permite ficar a saber muito mais de Lisboa. Sabem por exemplo porque se chama Praça do Comércio ao Terreiro do Paço, ou Terreiro do Paço à Praça do Comércio? São curiosidades sobre nós que muitas vezes nos passam ao lado e que sabe sempre bem aprender. Ainda que com menos eléctricos a partir do mês de Outubro (até Maio) pelo tempo menos bom, o Eléctrico das Colinas mantém-se em funcionamento durante todo o ano, e é um passeio a ter em conta.

Um comentário:

Filipa Maria de sá disse...

Dos passeios mais bonitos pela cidade de Lisboa! Na minha opinião é mais engraçado fazer o passeio pelos eléctricos que não são para o turismo..O bilhete custa 0.75€ (grande diferença)da Graça aos Prazeres(Eheh) e podemos apreciar os costumes dos lisboetas, as conversas... Tens te esquecido de pôr os preços!
Filipa