terça-feira, 15 de junho de 2010

Greve de sono

O príncipe lá de casa está em greve de sono, contra a otites e eu apoio-o incondicionalmente. Já era tempo dessas fulanas, que gostam de atazanar a vida a quem é pequeno e tem dentes a querer romper, darem-lhe alguma trégua. Desde Fevereiro que não descansa os ouvidos e há duas noites que berra para todos os vizinhos saberem o que dói. Estive quatro dias em casa para descansar e agora que voltei ao activo, estou há duas noites sem dormir... Por acaso não dá para encomendar por aí, algures, numa empresa de gente inovadora portuguesa, um feriado para esta semanita, não?

Um comentário:

Sof Enes disse...

espero que passe rápido, o meu sobrinho lindo não merece esse castigo!!! Beijos grandes naquelas bochechas lindas e godas ;))