domingo, 6 de junho de 2010

Praia


Se vos contar que há uns quatro anos que nós os dois não fechavamos um dia com um bom passeio na praia, à beira-mar, com os pés na água e de mãos dadas pelo areal a perder de vista, vocês se calhar nem acreditam. Mas é verdade. Desde que fomos pais que andamos para todo o lado com os miúdos. Eu adoro ser mãe e levo os miúdos para todo o lado. Logicamente que vão sempre para a praia connosco e não me vou pôr a andar com crianças ao colo. Fazemos outras coisas, castelos e bolos de areia, pois claro, e isso também é muito bom. Mas ontem, ao final do dia, enquanto o mais pequeno dormia, sob o olhar do avô, a mais crescida quis ir ao Parque com a avó e nós os dois aproveitámos para namorar. E soube tão bem. O passeio, a paz, as conversas... Acabar um dia com um passeio à beira-mar é das coisas mais relaxantes que sei fazer. Poder caminhar, sem pressas, sem horas marcadas, e respirar o ar da praia, é revigorante. Deu para falar de sonhos, planear férias, apanhar conchas, enfim... viver. E eu adoro viver!

Um comentário:

Sof Enes disse...

Tão bom!!!!! e sim, é cada vez mais raro também por estas bandas ;p
É o que dá ter rebentos ;))