segunda-feira, 2 de abril de 2012

Sushi Café Avenida – uma maravilha




Há restaurantes que são bons, outros há que são muitos bons e há ainda alguns, muito poucos, que são mais do que isso: são extraordinários, únicos e por isso valem muito a pena conhecer. São, no fundo, uma verdadeira experiência. Na saga do meu aniversário de arriscar entre ir jantar fora e levar a reboque os meus três filhos ou ficar em casa, decidi ir jantar fora um sítio que há muito queria conhecer: o Sushi Café Avenida. Não jantar com eles no meu dia de aniversário estava completamente fora de questão. São o melhor do meu mundo e merecem estar comigo no meu dia de anos e eu quero sempre estar com eles, aqui ou na China. Liguei para lá a marcar e quando me perguntaram quantos éramos disse: “somos quatro adultos, mas tenho três crianças que...” Fui logo interrompida e do outro lado do telefone disseram logo: “são sete portanto”. “Exacto, somos sete, mas três são crianças, não há problema...” e de novo interrompida fazendo-me feliz por não levantarem qualquer obstáculo. Sabia à partida que aquele é um restaurante sempre cheio, que sushi não é propriamente comida para gente tão pequena como a minha e por isso não queria estar a levar os miúdos se isso fosse só para ficarmos todos constrangidos, sobretudo pelo barulho. Só pelo atendimento ao telefone, o Sushi Café Avenida ficou logo no meu coração, de tão à vontade que me deixou. Mais, quando marquei a mesa não me disseram que tinha que lá estar à hora X. Depois de tudo esclarecido, perguntaram-me por fim a que horas estávamos a pensar chegar e isso também me alegrou. Detesto quando tento marcar um restaurante e me dizem coisas do tipo: sim, mas tem que estar cá às 20h ou então, só depois das 22h. Detesto. Ali não, tudo tranquilo, tudo maravilha. Chegámos à hora marcada e os miúdos ficaram de olhos colocados ao DJ que dava música à sala, mesmo em frente do balcão onde se preparavam os pratos. Entrámos e ficámos colados à hipnotizante parede de luz rosa e “às ondinhas”, como diziam eles, completamente maravilhados com o espaço. Eles e eu. O Sushi Café Avenida faz parte dos restaurantes mais bonitos em que já jantei. É completamente diferente do banal, do já visto, do bonito, mas igual. Ali tudo é diferente. E, essa diferença, chega também em forma de prato. Se a decoração é a rigor, a cozinha é de excelência. O melhor sushi que comi em toda a minha vida, e já levo uns tantos restaurantes de referência na minha história, foi no Sushi Café Avenida. Para isso também contribuiu e muito o atendimento: irrepreensível. Mais do que uma vez vieram à mesa, apenas perguntar se estávamos a gostar e até nos trouxeram uma entrada especial para provar. Explicaram-nos de onde vinham os seus peixes e falámos até da casa-mãe do restaurante, nascido há seis anos nas Amoreiras. No final, parecia que éramos clientes habituais. Juro que quero lá voltar. Se fosse critica gastronómica, que não só, mas gostava de ser, dava nota máxima ao Sushi Café Avenida. Maravilhoso. (E não, não é caro, sobretudo tendo em conta a excelência da comida).

Um comentário:

Sofia Enes disse...

Também adoro ;))