segunda-feira, 25 de junho de 2012

E ainda acerca do estado “finalista”!

Não é maravilhoso este bolo feito por uma professora da escola da minha filha Carolina? Mais uma vez a confirmação que há por aí gente tão talentosa e ao mesmo tempo anónima e humilde. Não provei, mas a minha filha garantiu-me que estava muito bom. E ela é exigente nos bolos, ai se é! Era de chocolate e parece que “super fofinho”!
Ver a minha filha tão feliz com a festa de finalistas só me fez bem. Eu que já alguns dias tenho andado a matar a cabeça com esta coisa de ela sair da “Sala Amarela”. Uma sala que eu tanto gostei, que ela tanto gostou. Estive piegas na festa, de lágrima no olho ao ver os miúdos tantos e tão maravilhosos a cantar e alegres por irem para a Primária. Sair do ninho da educadora para a minha filha promete não ser dramático e isso é que importa, não dar lugar a dramas. Eu contento-me com o facto de ter mais dois filhos mais pequenotes e de querer que também eles sigam as pisadas da irmã ocupando uma cadeira naquela sala do jardim de infância que é, no fundo, uma segunda casa. E de saber que provavelmente a mesma educadora, espero que sim, esteja ali, para lhes dar colo e mimos. Odeio despedidas e por isso, bem que dispensava a festa de finalistas, mas os miúdos adoram essa ideia de que já são crescidos e que vão para a escola a sério. Eu também fui assim e sei que a minha mãe também ficava de coração apertado cada vez que percebia que eu crescia. Faz parte. E desde que continue assim, mais complicado para as mães ver os filhos a crescer do que para os próprios filhos é sempre sinal de que está tudo bem!
E ela, a minha filha, já me tranquilizou, vai sair da pré para a primária, mas sempre que quiser vai visitar a educadora e regressar por minutos à sala amarela e isso só me mostra o quanto ela é e vai continuar a ser feliz ali.

E pronto lá estou eu aqui, piegas que só visto... Eu não aprendo com a minha filha!

Um comentário:

Sónia Santos disse...

Como eu te entendo Querida, estou a passar pelos mesmos sentimentos, um misto de alegria e de lágrima ao canto do olho.

Mas é bom.

Beijoca

http://momentosemfamilia-tuca.blogspot.pt/