quinta-feira, 22 de julho de 2010

A mensagem

Depois de uma tarde em que os meus olhos ameaçaram explodir em lágrimas a qualquer momento, e a garganta desatar a gritar sem que eu a conseguisse controlar (o que eu odeio injustiças) eis que recebi uma mensagem de elogio ao meu trabalho, em forma de sms, que me devolveu à minha essência e me fez acreditar que sim, fiz a escolha certa ao querer ser jornalista. Muito obrigada pelas palavras repetidas também, no telefonema a seguir. A proveitei e fiz uma promessa a mim mesma, e não tivesse eu o feitio teimoso que tenho, não me chamasse eu como chamo, a ver se não a cumpro... Mais tarde voltaremos a este assunto.

Um comentário:

Sof Enes disse...

não sei do elogio, mas sei da razão da raiva!!! E acho que és uma grande jornalista e que deves cumprir a tua promessa ;)))